domingo, 18 de dezembro de 2011

Na fé e na dificuldade

Atende o meu clamor, porque estou muito abatido, livra-me dos meus perseguidores, por que são mais fortes do que eu.

Salmos 142.6
 
Lendo esse versículo lembrou-me de como Davi deve ter se sentido nos momentos de tribulação, de solidão, de desespero. Ao mesmo tempo recordo também que Davi não foi nenhum santo porém mesmo assim Deus nunca o abandonou, tudo por causa do seu coração.
Há alguns meses atrás eu andei assim, muito abatida, era como se Deus estivesse esquecido de mim. De onde eu menos esperava vieram as críticas, as palavras, os golpes e tudo mais.

Mas eu sempre confiei. Eu sabia que era uma fase e iria passar, como passou. Aprendi tanto. Fui, e ainda estou sendo muito caluniada por causa das minhas atitudes, mas manterei meu silêncio. O justo não se justifica e o tempo é muito sábio.Mas algumas vezes erramos e pagamos o preço por isso.

Acho que devemos vigiar antes de criticarmos as pessoas, antes de pelo menos tentar entender suas atitudes. Mas não, ninguém é assim! Nem mesmo eu, confesso. Há pouquissímos assim, na verdade só conheci uma pessoa que seja assim até hoje e acho isso uma caracteristica muito bonita.

Perdoei a todos que falaram de mim, a todos que de alguma maneira acharam que eu pequei em alguma coisa. Talvez tenha pecado pela minha discrição, pela minha introversão.

Mas só não posso assumir a culpa de algo que não fiz, que insinuaram. Não posso atribuir meus erros á familiares, namorado e etc. Infelizmente, foi isso que fizeram. Mas está nas mãos de Deus..

Só se lembre de uma coisa muito importante, não julgue ninguém para não se julgado pois o mundo dá muitas voltas.

E que Deus tenha misericórdia de todos nós míseros humanos pecadores...

Tenho certeza que meus inimigos um a um cairão por terra!
E peço perdão se magoei alguém...Não foi minha intenção.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

A importância da sua fé

Estava lendo meus posts antigos, e me abismei com minhas próprias palavras. 
Eu tinha uma fé e tanto. Na mesma hora me perguntei: -Caramba aonde essa fé se escondeu?

Pois tudo que está escrito ali faz sentido, toda essa teoria eu sei, e por algum motivo nesses últimos meses eu me esqueci delas...que horror. Não aceito isso.

Meu Deus onde eu fui parar...Sabe tá caindo a ficha...rs

É super complicado, pois acho que esse ano foi o pior ano da minha vida em todos os sentidos, mas por alguns momentos eu me esqueci de Deus, é sério! 

Infelizmente eu só estou caindo em mim agora, por isso cuidado com a sua fé também. O diabo só precisa de uma brecha para te cegar.

Ainda bem que o Espirito Santo de Deus está me mostrando minha cegueira. Graças á Deus estou á tempo de me recuperar. Na fé...
  
Logo, serei mais especifíca á respeito, é que agora estou com pressa.

Beijos

sábado, 17 de setembro de 2011

Ajustes

Andei pensando em mudar algumas coisas, sair da rotina, acertar logo o que tem que ser acertado.
Eu tenho um hábito muito feio, pois se o que tiver que ser feito for muito trabalhoso eu corro logo. Odeio estresses e coisas complicados e saio empurrando tudo com a barriga.
Só que eu estou cansando disso, tá saturando já sabe.
Quero conseguir ser mais definida, quero aprender a dizer não! Quero que acreditar mais em mim e nas minhas convicções.
Sei que sou uma pessoa legal, mais sou muito circunstâncial e isso têm me prejudicado tanto. Tô fazendo as escolhas erradas.
Quero que essas minhas decisões sejam duradouras.
Quero voar, quero sorrir, quero deixar de curtir meus problemas.
Quero ser pelo menos 90% da Patricia que um dia eu fui e que se perdeu nesses últimos 3 anos.
Quero servir á Deus, e realizar meus sonhos que estão adormecidos.
Nem faço a minima ideia de como começar isso, mas eu preciso!

Só para lembrar...na verdade o que vou fazer é um balanço

Me faz feliz

1- Sair (diga-se de passagem que eu nunca mais fiz isso)
2- Ler, mesmo que o livro seja uma porcaria...rs
3- Ir á praia (abandonei esse hábito também, onde eu ando com a cabeça
4-Servir á Deus
5- Gosto de ser anônima, quanto menos me conhecerem melhor
6- Ir ao cinema
7- Cozinha
8- Ver filme comendo pipocaaaaaa
9- Rir até chorar com meus amigos ( sinto falta disso)
10- Viajar

Me deixa triste

1- Me tratarem igual a criança
2-Me criticarem
3- Não me levarem á sério
4- Não respeitarem minha individualidade
5- Ficar pensando na vida
6- Quando estou afastada dos meus amigos
7- Quando eu lembro do passado
8- Quando não posso ajudar meus amigos e familiares
9- Quando decepciono minha familia
10- Quando perco uma amizade

Bom acho que já dá para começar algumas mudanças a partir dessa lista aí, é claro que há muito mais coisas a serem listadas.
Sei que algumas tarefas são coisas fúteis, mas até as futilidades são importantes, pq ás vezes a gente tem mania de só se importar com o mais dificil, sendo que o simples pode virar uma bola de neve gigante né.
Enfim, quero traçar novos rumos, não que eu não seja feliz, mas eu já fui mais feliz. Já sorri com mais sinceridade.
E eu mudei, ah mudei, e não foi pra melhor não.
Antes eu achava que isso era amadurecimento, hoje eu chamo isso de orgulho, vaidade, prepotência e arrogância.
É cansei!
Mãos á obra.



sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Notinha....

“Não tenho raiva de ninguém, mas minha prioridade agora é uma só: eu. Podem me chamar de egoísta, eu aceito. Mas chega uma hora na vida que a gente tem que parar de ser boa com os outros e ser boa – primeiramente – com a gente.”


E é nisso que eu tenho pensado. Me desculpem posso estar sendo egoísta mas tem horas que é preciso ser mais enérgica. Estou feliz assim, quietinha no meu canto...
 
Bichinho do mato eu sou né...rs
 
Mas a solidão traz tanta coisa boa...me faz pensar na vida..e eu tô feliz assim..
 
Não quero saber se gostam disso ou não!
 
O meu momento é esse, e pronto!
 
Graças á Deus eu conto com pessoas maravilhosas ao meu lado, amigos que sei que sempre estarão ao meu lado...
 
Obrigado Priscila Prestes, Almir Calazans, Jaqueline, Milayde e Hialy....
 
Vocês moram no meu coração...
 

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Ah que dia!

É engraçado como eu me vivi esses últimos 21 dias.
Para quem não sabe eu fiz o jejum do propósito de Daniel da IURD.
Sei que para alguns isso é loucura mas me fez um bem tão grande!

Me sinto leve de todas as sujeiras, dos lixos eletrônicos e de tantas outras porcarias que tomavam o meu tempo...estou lutando para mudar algumas coisas ainda...

Creio que seja isso que Deus quer de nós, um total desprendimento de nós mesmos. Dos nossos desejos e anseios...

Só sei que esses 21 dias foras os mais dolorosos da minha vida.
Porém me trouxeram para perto de alguém que eu nunca mais quero largar
E esse alguém é o Espírito Divino de Deus...

Em breve mais notícias...

Lack of faith

In the midst of my crazy thoughts, I feel trapped.

I feel strange, thrown to the wind in the open .. with my memories.

My pride and all my faults ..




Sorry, but today I'm not happy!

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Tem coisas que é melhor agente esquecer para não se decepcionar mais ainda!

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Um dia estranho...

Somos um misto de emoções, de sentimentos, de alegrias e tristezas.

Somos um ser estranho, ás vezes não nos compreendemos. Choramos, gritamos e nada.
E o que fazer quando tudo nos sufoca?


Quando você não tem ninguém por perto...

O que você pensa..o que você faz, como você age?
Talvez o que eu quero não esteja aqui, talvez me falte definição...

Talvez não me falte nada...
Talvez depois de tantos fracassos, tristezas, desiluções eu tenha me tornado insensível, medonha, antipática ou sei lá o quê..

Talvez hoje o que eu preciso é de colo, colo de Deus...
Ou talvez eu não precise de nada, só que hoje me perdoem...

Eu  não estou bem!

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Paixão..

Quem nunca se apaixonou, por um amigo, colega de trabalho ou por qualquer pessoa que naquele exato momento você achava que era o grande amor da sua vida?

Se já, bingo! Eu também! Que sensação horrível...
Para mim foi uma das piores experiências que pude ter.
No início tudo é lindo, as mãos suam, o coração acelera, o rosto fica vermelho e centenas de sensações nos bombardeam em segundos. Mas futuramente o estrago da paixão nos derrota.

Ficava eufórica, me depositava demais em uma relação que eu sabia bem no fundo que não tinha futuro...
E o tempo foi passando, cada dia ficava pior, cada dia eu cavava um buraco maior no meu quintal...
Quanta cegueira, meu Deus...

E diziam que paixão não passava de 2 anos...
Mas a minha passou, insisti demais...mas eu achava que era amor...e de fato nos confunde...


Porém hoje eu vejo, que amor não traz sofrimento...só traz felicidade..
Não tem ansiedade, não tem segredo...

Não é perfeição é claro...mas é sutil...

Depois que me libertei da paixão, passei a ser mais eu, fiquei mais alegre, percebi quanto coisa estava embaixo dos meus olhos...saiu um peso sabe...

A a culpa de ter sofrido tanto, foi única e exclusivamente minha...

Análise se o que vc sente é paixão...se for, caia fora o quanto antes..ela é muito perigosa...de início muito doce, depois amarga feito fel...
Melhor ficar só do que viver sufocado por um amor de mentira, pq é isso que a paixão é...

Um amor FAJUTO!

Liberte-se...

Gente que nem a gente

Tenho conhecido gente.
Gente diferente, gente igual, gente boa e até ruim. Gente que antes nem me dava
bola, agora dá. Gente que antes me amava e já até se foi. Mais uma vez a vida
roda e o elenco vai mudando conforme as temporadas. Engraçado falar assim
parece até uma forma superficial de ver tudo, mas não é. Acho tudo normal. Vejo
que conhecemos alguém, trocamos com essa pessoa, depois seguimos nossos
caminhos. Já com outras trocamos por muitos mais anos.
 
O mais importante de conhecer gente é que quanto
mais você conhece o outro mais você conhece a si mesmo e vê que no fundo somos
todos iguais. A diferença é só o jeito que cada um age com o outro. Isso, meu
caro, você realmente só aprende conhecendo o outro. Conhecendo muitas pessoas
você também aprende a não ter medo de praticamente ninguém, o que só atrai mais
gente legal prá perto de você.
 
Outra coisa que aprendi com toda essa gente, é
algo ainda mais arrebatador! Não adianta querer muito ter alguém do seu lado só
por ter. É preciso ter haver, sintonizar, existir algo maior, a tal troca, sabe?
Sem isso... Esqueça, não vale à pena. Vale o ditado da Vovó: Antes só do que
mal acompanhado. Mas também vale lembrar que: Quem não arrisca não petisca.
 
Ahhh Vida... Se fosse fácil, não teria graça
alguma.

*Pedro Cunha

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Tirando o peso

Há coisas que precisam ser deixadas para trás. Isso é fato. Mas já reparou que aquilo que você mais estima, é o mais difícil de abrir mão? Emfim, quando nos damos conta de que há algo nos prejudicando, logo me vêm a solução de deixar para trás mas eu confesso que algumas vezes empurrei algumas situações com a barriga.


E o resultado você já sabe né...Pafti-pufti no chão...virei caquinhos, estilhaço de vidro...e para recompor é difícil. Na verdade, bem sagaz!



Por isso quer um conselho? Esqueça, delete tudo que te faz mal. Pode ser lembranças, pessoas, tudo que te traz medo, peso, dor...Esquece!

Perder tempo com sujeira e lixo pra quê...Só vai te prejudicar...Pense bem á respeito e tome atitude, chega de empurrar com a barriga...

Ás vezes é só isso que falta...!
Inicie uma nova jornada!

Um mega abraço!!!

sábado, 21 de maio de 2011

Olhando para si mesmo

Algumas vezes ou quase todos os dias na verdade somos bombardeados por pensamentos, por problemas, por coisas que não nos fazem bem. E para solucionarmos os problemas proucuramos o caminho mais fácil, aquele que de pronto aparece na nossa frente.

Porém nem sempre é o caminho certo

Muitas das vezes só vamos nos dar conta do erro anos depois, e acredite uma escolha errada traz consequências amargas e nos faz passar por desertos desnecessários.


Analisando isso eu vejo também que tudo é feito de escolhas, mas como eu vou saber que atitude tomar quando aquele problema insiste tanto em bater na minha porta?

A resposta é simples, persevere, ore á Deus e depois disso entregue nas mãos Dele. Isso mesmo não faça mais nada, agora á sua luta é Dele...Sirva-o de todo coração e não terá como Ele não solucionar o seu problema.
A escolha errada é feita quando olhamos demais para o nosso próprio umbigo e envolvidos nos nossos dilemas agimos com o coração, quando na verdade deveríamos ter deixado a fé falar mais alto.

Proucure esquecer de si mesmo, das suas dores e daquilo que mais te pertuba...

E confie em Deus...Ele soluciona tudo!

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Dose Mais Forte visita abrigo Lar Esperança



A casa Lar Esperança é responsável por abrigar 23 jovens vítimas de abandono e maus tratos. São adolescentes de idades entre 12 e 18 anos. O local que é mantido pelo governo do estado dispõe de psicólogos e colaboradores que ajudam a educar e orientar estes jovens.
No último sábado 16, o Dose Mais Forte levou mais alegria aos meninos do Lar Esperança, foi uma tarde de orientações, conversas, descontrações e reflexão.
Durante o encontro, o grupo apresentou uma palestra de combate e prevenção às drogas, e de forma objetiva mostraram que há solução para o problema para àqueles que caíram na armadilha das drogas.
Na ocasião o integrante do grupo Dose Mais forte, Eduardo, contou suas experiências no mundo das drogas e seu resgate através do projeto.
Ao final do trabalho, a psicóloga Tereza Veras, ressaltou a importância da visita do grupo e destacou que foi uma semente forte que foi lançada e que dará muitos frutos no Lar Esperança’’ destacou.

Fonte: Força Jovem Pernambuco

Um recadinho....

Bom, durante algum tempo eu transformei meu blog numa espécie de diário. Acho que fui um pouco infeliz por isso. Me perdi um pouco, dei voltas e fiz algumas postagens pessoais, bestas, coisas que não edificavam em nada. Porém já abri meus olhos e a partir de hoje esse blog será estritamente para falar de estudos bíblicos, mensagens, sobre o projeto do Dose mais forte coisas relacionadas á obra de Deus. 
Ainda que ninguém leia, eu me prontifico a desenvolver o talento que Deus me deu que é escrever...estarei disposta a ajudar e a receber críticas...
Enfim, renasce das cinzas um novo blog....

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Olhos fechados


Têm coisas que eu prefiro não ver...
Têm fotos que não deveriam ter sido postadas...
Têm coisas que me fazem arder de ciúmes e o que eu posso fazer, nada...somente ficar calada!
Ah, se eu pudesse questionar, se eu pudesse falar, se eu tivesse alguém que me defendesse!
Essas pessoas fazem isso pra me humilhar, me provocar...e eu devo ficar calada!
Mas Deus me diz, fica calma...vai dar tudo certo!
Embora não pareça, mas eu sei que um dia eu vou surpreender á todos, inclusive aquelas que neste momento estão rindo de mim, e exibindo suas fotos...
Pode deixar...eu sei Quem vai me defender!
Já aconteceu isso uma vez...e tenho certeza que vai acontecer denovo...
O Deus que eu sirvo não me deixa ser humilhada, então nesses momentos...eu prefiro fechar meus olhos!

domingo, 8 de maio de 2011

Palavras soltas

Na verdade hoje eu não tenho um tema específico para descrever, nem tenho um algo muito importante para pôr aqui. Hoje escrevo por falta de assunto.
Tem dias que não conseguimos passar para o papel o que estamos pensando, nossos conceitos, palavras, gestos. Li tanta coisa e ao mesmo tempo não foi nada.
Foram vários temas, alguns deles me despertaram, outros trouxeram o passado, memórias, lembranças, cicatrizes que deveriam ter sido esquecidas.
Melhor deixar pra lá...
Hoje eu quero deixar de viver a minha dor, de olhar para o meu próprio umbigo e me preocupar com o que Deus quer de mim. Acho que vou ganhar mais assim!
Viver a minha dor, já me fez perder tempo demais...
Não quero mutilar a minha alma, não quero deixar que as dúvidas me sufoquem, não quero trazer sofrimento pra mim...
Não, eu não quero!
Não quero ficar dividida, não quero criar emoções...
As respostas que eu preciso, estão todas dentro de mim...
Cabe a mim ouvi-lás...
Não deve ser difícil...
Eu chego lá...no meu alvo...na minha decisão...
Talvez eu esteja cansada da luta, não posso me deixar levar pelo que as pessoas dizem...
Eu vou ser o que eu quero ser e não o que querem que eu seja...
E é assim que eu vou continuar...
Lutando com a certeza de que a vitória virá..

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Vale a pena ler até o final

Naquela noite, enquanto minha esposa servia o jantar, eu segurei sua mão e disse: "Tenho algo importante para te dizer." Ela se sentou e jantou sem falar uma palavra. Pude ver sofrimento em seus olhos.
De repente, eu também fiquei sem palavras. No entanto, eu tinha que dizer a ela o que estava pensando. Eu queria o divórcio. E abordei o assunto calmamente.
Ela não parecia irritada pelas minhas palavras e simplesmente perguntou em voz baixa: "Por quê?"
Eu evitei respondê-la, o que a deixou muito brava. Ela jogou os talheres longe e gritou: "Você não é homem!" Naquela noite, nós não conversamos mais. Pude ouvi-la chorando. Eu sabia que ela queria um motivo para o fim do nosso casamento. Mas eu não tinha uma resposta satisfatória para esta pergunta. O meu coração não pertencia a ela mais, e sim à Jane. Eu simplesmente não a amava mais, sentia pena dela.
Sentindo-me muito culpado, rascunhei um acordo de divórcio, deixando para ela a casa, nosso carro e 30% das ações da minha empresa.
Ela tomou o papel da minha mão e o rasgou violentamente. A mulher com quem vivi pelos últimos 10 anos se tornou uma estranha para mim. Eu fiquei com dó deste desperdício de tempo e energia, mas eu não voltaria atrás no que disse, pois amava Jane profundamente. Finalmente, ela começou a chorar alto na minha frente, o que já era esperado. Eu me senti libertado enquanto ela chorava. A minha obsessão por divórcio nas últimas semanas finalmente se materializava e o fim estava mais perto agora.
No dia seguinte, eu cheguei em casa tarde e a encontrei sentada à mesa, escrevendo. Eu não jantei, fui direto para a cama e dormi imediatamente, pois estava cansado depois de ter passado o dia com a Jane.
Quando acordei no meio da noite, ela ainda estava sentada à mesa, escrevendo. Eu a ignorei e voltei a dormir.
Na manhã seguinte, ela me apresentou suas condições: ela não queria nada meu, mas pedia um mês de prazo para conceder o divórcio. Ela pediu que durante os próximos 30 dias a gente tentasse viver juntos de forma mais natural possível. As suas razões eram simples: o nosso filho faria seus exames no próximo mês e precisava de um ambiente propício para preparar-se bem, sem os problemas de ter que lidar com o rompimento de seus pais.
Isso me pareceu razoável, mas ela acrescentou algo. Ela me lembrou do momento em que eu a carreguei para dentro da nossa casa no dia em que nos casamos, e me pediu que durante os próximos 30 dias eu a carregasse para fora da casa todas as manhãs. Eu, então, percebi que ela estava completamente louca, mas aceitei sua proposta para não tornar meus próximos dias ainda mais intoleráveis.
Eu contei para a Jane sobre o pedido da minha esposa e ela riu muito e achou a ideia totalmente absurda. "Ela pensa que impondo condições assim vai mudar alguma coisa; melhor ela encarar a situação e aceitar o divórcio", disse Jane, em tom de gozação.
Minha esposa e eu não tínhamos nenhum contato físico havia muito tempo, então, quando eu a carreguei para fora da casa no primeiro dia, foi totalmente estranho. Nosso filho nos aplaudiu dizendo: "O papai está carregando a mamãe no colo!" Suas palavras me causaram constrangimento. Do quarto para a sala, da sala para a porta de entrada da casa, eu devo ter caminhado uns 10 metros carregando minha esposa no colo. Ela fechou os olhos e disse baixinho: "Não conte para o nosso filho sobre o divórcio." Eu balancei a cabeça, mesmo discordando e então a coloquei no chão assim que atravessamos a porta de entrada da casa. Ela foi pegar o ônibus para o trabalho e eu dirigi para o escritório.
No segundo dia, foi mais fácil para nós dois. Ela se apoiou no meu peito, eu senti o cheiro do perfume que ela usava. Eu então percebi que há muito tempo não prestava atenção nessa mulher. Ela certamente havia envelhecido nestes últimos 10 anos, havia rugas no seu rosto, seu cabelo estava ficando fino e grisalho. O nosso casamento teve muito impacto nela. Por uns segundos, cheguei a pensar no que havia feito para ela estar nesse estado.
No quarto dia, quando eu a levantei, senti uma certa intimidade maior com o corpo dela. Essa mulher havia dedicado 10 anos da vida dela a mim.
No quinto dia, a mesma coisa. Eu não disse nada à Jane, mas ficava cada dia mais fácil carregá-la do nosso quarto à porta da casa. “Talvez meus músculos estejam mais firmes com o exercício”, pensei.
Certa manhã, ela estava tentando escolher um vestido. Ela experimentou uma série deles, mas não conseguia achar um que servisse. Com um suspiro, ela disse: "Todos os meus vestidos estão grandes para mim." Eu então percebi que ela realmente havia emagrecido bastante, daí a facilidade em carregá-la nos últimos dias.
A realidade caiu sobre mim com uma ponta de remorso. Ela carrega tanta dor e tristeza em seu coração... Instintivamente, eu estiquei o braço e toquei seus cabelos.
Nosso filho entrou no quarto nesse momento e disse: "Pai, está na hora de você carregar a mamãe." Para ele, ver seu pai carregando sua mãe todas as manhãs tornou-se parte da rotina da casa. Minha esposa abraçou nosso filho e o segurou em seus braços por alguns longos segundos. Eu tive que sair de perto, temendo mudar de ideia agora que estava tão perto do meu objetivo. Em seguida, eu a carreguei em meus braços, do quarto para a sala, da sala para a porta de entrada da casa. Sua mão repousava em meu pescoço. Eu a segurei firme contra o meu corpo. Lembrei-me do dia do nosso casamento.
Mas o seu corpo tão magro me deixou triste. No último dia, quando eu a segurei em meus braços, por algum motivo não conseguia mover minhas pernas. Nosso filho já havia ido para a escola e eu me vi pronunciando estas palavras: "Eu não percebi o quanto perdemos a nossa intimidade com o tempo."
Eu não consegui dirigir para o trabalho. Fui até o meu novo futuro endereço, saí do carro apressadamente, com medo de mudar de ideia. Subi as escadas e bati na porta do quarto. Jane abriu a porta e eu disse a ela: "Desculpe, Jane. Eu não quero mais me divorciar."
Ela olhou para mim sem acreditar e tocou na minha testa: "Você está com febre?" Eu tirei sua mão da minha testa e repeti "Desculpe, Jane. Eu não vou me divorciar. Meu casamento ficou chato porque nós não soubemos valorizar os pequenos detalhes da nossa vida e não por falta de amor. Agora eu percebi que desde o dia em que carreguei minha esposa, no dia do nosso casamento, para nossa casa, eu devo segurá-la até que a morte nos separe.
Jane então percebeu que era sério. Me deu um tapa no rosto, bateu a porta na minha cara e pude ouvi-la chorando compulsivamente. Eu voltei para o carro e fui trabalhar.
Na loja de flores, no caminho de volta para casa, eu comprei um buquê de rosas para minha esposa. A atendente me perguntou o que eu gostaria de escrever no cartão. Eu sorri e escrevi: "Eu te carregarei em meus braços todas as manhãs até que a morte nos separe."
Naquela noite, quando cheguei em casa, com um buquê de flores na mão e um grande sorriso no rosto, fui direto para o nosso quarto onde encontrei minha esposa deitada na cama, morta.
Minha esposa estava com câncer e vinha se tratando havia vários meses, mas eu estava muito ocupado com a Jane para perceber que havia algo errado com ela. Ela sabia que morreria em breve e quis poupar nosso filho dos efeitos de um divórcio, e prolongou a nossa vida juntos, proporcionando ao nosso filho a imagem de nós dois juntos toda manhã. Pelo menos aos olhos do meu filho, eu sou um marido carinhoso.
Os pequenos detalhes de nossa vida são o que realmente contam num relacionamento. Não é a mansão, o carro, as propriedades, o dinheiro no banco. Estes bens criam um ambiente propício à felicidade, mas não proporcionam mais do que conforto. Portanto, encontre tempo para ser amigo de sua esposa; faça pequenas coisas um para o outro para mantê-los próximos e íntimos. Tenham um casamento real e feliz!
Se você não dividir isso com alguém, nada vai te acontecer.
Mas se escolher enviar para alguém, talvez salve um casamento.
Muitos fracassados na vida são pessoas que não perceberam que estavam tão perto do sucesso e preferiram desistir.

sábado, 23 de abril de 2011

Quando tudo está perdido

Ás vezes somos levados a momentos de solidão, de angústia e de tristeza.
Porém o que fazer quando somos atacados por esses sentimentos atormentadores?
Algumas pessoas recorrem aos vícios, a prostituição e tudo que é contrário á natureza espiritual pensando que o espaço vazia que há em seu coração será ocupado.
Que engano!
Depois de noites e noites em baladas, depois de vária ressacas, ela a sua dor, te atormenta denovo.
São lembranças, mágoas, culpas ou simplismente o passado. É arrebatador.
Se o ser atingido não for forte, ele se renderá á natureza terrena.
Por isso vemos muitos casos de pessoas que se suicidam.
Eu não as condeno, foram vítimas de suas próprias dores...
Mas respondendo á pergunta anteriormente feita...a única solução é buscar resposta, auxílio divino.
Não se isolar, não chorar, e acreditar acima de tudo que no fim tudo vai dar certo.
A luta com certeza não é fácil.
A caminhada é árdua, e tenho certeza que nem todos conseguiram chegar até o fim.
Mas eu te desafio a entrar acompanhado nessa luta com um Mestre.
O nome dele é Jesus, nenhuma luta é perdida quando se está com Ele.
Tente e saberá do que eu estou falando.

Pare de perder tempo...Esqueça essa bagagem pesada e dê um rumo na sua vida...
Até quando você quer sofrer?

sábado, 9 de abril de 2011

Fé para perder!

É exatamente isso!
Fé para perder algo que você estima muito..
Deixe-me contar minha experiência..
Eu sempre entreguei minha vida para Jesus, porém essa pérola ainda estava escondida, ainda tinha algo que eu precisava entregar e no fundo eu sabia o que era..Ah, sabia!
Mas eu relutava..
Até que nesse Jejum de Daniel não teve como fugir, eu tive que entregar,caso eu quisesse uma transformação. Mas era difícil..
Eu queria entregar mas ao mesmo tempo dentro de mim eu não confiava.
Como estava sendo duro..
Até que eu entreguei á Deus...e só assim o Espiríto Santo tomou minha vida por completo.
100% sem reservas...a sensação foi maravilhosa...
Eu tive que ter fé para perder, perder quem eu amava!
Mas o sacrificio vale a pena..
E o amanhã, pertence á Ele..
Tudo o que nos faz mal, devemos entregar á Ele, tudo mesmo!
Ele sabe cuidar muito bem de nós.
E vai prover nossas necesssidades.

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Ele virá...

Não tenho dúvidas que estamos vivendo os últimos dias.
As evidências nos mostram isso!
Por isso eu verifiquei que mais do que nunca devemos guardar nosso coração, nossa fé, pois virão fatos, pessoas, que se não vigiarmos "apodrecerão" nossa Fé...
É muito triste vermos o mal tentando atingir aqueles que são escolhidos por Ele, e mais triste ainda é ver os escolhidos deixarem faltar o azeite.
Eu sei que a luta constante da vida não é fácil, por vezes choramos, sorrimos, desacreditamos, porém nesses últimos dias o objetivo do mal é única e exclusivamente de nos tirar da presença de Deus.
Lembremos que mal é esperto, ele não vai aparecer numa situação em que você possa facilmente identificá-lo.
Pelo contrário, ele vai aparecer quando você menos esperar.
Portanto vigiemos em todos os lugares, principalmente dentro da igreja...
Que o Espírito de Deus nos guie e abra nossos olhos.
Guardando minha fé até os últimos dias...
Pois eu creio que Ele virá ao nosso encontro..
Está cada vez mais próximo!

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Espírito Santo

Eis me aqui, meu Senhor...
Ah...que dia Meu Amor...!
Dia em que te verei, dia em que poderei me declarar e me deleitar em Ti...
Dia em que encontrarei meu Salvador!
Santo e puro és...
Finalmente te encontrei meu Amor...

sábado, 26 de março de 2011

Feridas

Eu olho suas fotos, olho as minhas como éramos crianças, realmente envelhecer alguns anos e amadurecer nos fez bem, pelo menos fisicamente.
Hoje depois de tantas lutas e cicatrizes eu me pergunto. Cadê aquele menino que postava no orkut que me amava, que me ligava, que me fazia sua amiga, que um dia me chamou de ''mô''...
Ande você tá, o que vc se trancar embaixo dessa capa de olha como sou forte.
O que fez você mentir pra mim...
O que fez você mudar tanto?
Foi as companias, os amigos, o trabalho, o cotidiano, a sociedade, eu...
É não chego a uma conclusão...
Hoje eu olho nos seus olhos e vejo um menino assutado, que tem medo, que mentiu, que se arrpendeu, que chora, indeciso...
Mas que leva um peso de ter me enganado...e isso atrapalha os seus relacionamentos...
Cadê aquele menino cheio de amizades...
cadê...ele tá fechado...tá esquisito...ficou seco...você não era assim...
Eu sim, eu era seca..ríspida!
Mas quando aprendi a gostar, quando eu tirei meu medo...
eu exagerei...e gostei mais de você do que mim!
Não era certo...
Isso te afastou ainda mais...
Mas hoje..sobraram cicatrizes, sobram restos de um espelho...
que eu estou tentando montar...
Talvez eu não consiga...mas eu tento dia após dia...
Alguns estilhaços ainda estão pelo chão...
e você tá tentando pegar alguns também...
Espelho rachado não reflete imagem perfeita...
Precisamos de um espelho novo...
sem cola...mas é difícil...
Um bom vidraceiro resolve o problema...
Ás vezes me dá vontade de desistir...
é como se eu nunca mais eu fosse ver esse menino...ou algum influência dele na sua personalidade...
Eu perdoei, mas não minta mais pra mim!
Eu quero esquecer o espelho quebrado e comprar um novo
mas é difícil quando se tem uma pele cortada pelos estilhaços...
Eu quero muito que isso tenha algum sentido...
Não quero me enganar..
Chega!
Vamos lá...pedaço por pedaço...
Chama o Vidraceiro aí....rs

* O texto é subjtivo, só algumas pessoas irão entender!

-Ah, e o vidraceiro..é Jesus, ok...sé ele cura marcas que o tempo deixa..

terça-feira, 22 de março de 2011

Um pequeno comentário

Hoje me surpreendi com algo que aconteceu comigo.
Um senhor parou meu irmão na rua e disse: - Você é o Anderson né? Poxa eu te conheço da sua epoca do colégio e tal, sua irmã é a Patricia.
Meu irmão assustado..pois não lembrava do moço disse: É sou eu sim...
E o moço continuou: -Poxa vocês iam todo dia de moto lá pro colégio, fui professor da banda da sua irmã, lembra não..vcs eram tão populares, tão legais...
Um pequeno detalhe, nenhum dos dois lembrou do moço...mas ele riu e deixou passar...
Foi aí que eu comecei a cair em mim...essa época eu devia ter uns 14 anos e é verdade eu era muito popular no colégio, todos me conheciam, era expulsa da sala, pq ficava conversando...até fui uma ótima aluna, tirava notas boas e tal mas falava demais...rs uma boa menina, falvam bem de mim...
E hoje eu sou um bichinho do mato, antisocial, calada, observadora...como pode?
Sou uma menina de poucas amizades, me amedronto com qualquer aproximação repentina...ah, desconfio logo...rs
Que estranho né...não sei se isso é bom..
Mas também nessa popularidade toda eu tinha amizades que não me faziam bem, era muita falsidade, mta gente esquisita e enquanto eu não perdi essas amizades eu não me converti...
Hoje eu prefiro ficar em casa do que ir a ensaios de banda, de ter um milhão de amigos...
Eu tô bem assim...rs
Só achei engraçado mesmo...esquisito...
Ás vezes eu acho que me fechei demais pq me decepcionei muito com as pessoas, então é como se fosse um muro que eu tivesse criado...dessa forma eu me protejo...
Mas tb não sinto nenhuma falta de ser popular não...
Não me orgulho das pessoas não me conhecerem...o fato é que aquela menina desprotegida, agora tem um muro que vem na frente dela...
E isso foi melhor pra que ela não se machucasse mais...
O pior é que até na igreja eu fiquei assim, em Pernambuco principalmente lá msmo que ninguém me conhece...entro muda e saio calada...
Melhor assim!!
Me deixe quieta com meus pensamentos....

rs

quinta-feira, 17 de março de 2011

A escolha

Costumo dizer que sou uma garota abençoada por Deus, realmente não tenho do que reclamar.
Tenho família e amigos maravilhosos e os amo com toda minha força. Creio em Deus e em tudo que Ele faz...
Algumas vezes eu pensei que tinha feito escolhas erradas e ficava imaginando o que teria acontecido se eu mudasse minhas escolhas, eu queria ser uma pessoa normal.
Eu nunca fui a mais bonita, a mais inteligente, a mais simpática, a mais legal...
Nunca tive muitos namorados, era caseira...e eu me sentia um ovni ...rs
Perdi muitos "amigos" por causa disso..
Trabalhei desde cedo, e isso era uma prioridade minha...
Só eu sei, o que passei, o que senti, o que me custou, mas hoje estou aqui...
E estou feliz...
Minhas lágrimas que um dia rolaram, hoje são gargalhadas gostosas, e esses ''amigos'' não me fazem nenhuma falta...
Hoje percebi que minhas escolhas me fizeram uma Patrícia melhor, que dia após dia visa aprimorar seus conhecimentos e sua personalidade..
Hoje eu digo, eu sou normal...
Não preciso acompanhar modismos, não preciso colocar flor no cabelo, ou acompanhar a moda da novela...
Eu sou feliz do jeito que eu sou...
De calça jeans e chinelos havaianas...
De cabelo natural ou com escova...
Tudo depende de mim, do meu humor, do meu dia, do meu estado de espirito...
Sou eu quem escolho a minha estrada..
E a direção do vento...
Essa, meu Deus me dá...e sinto prazer em dizer que Deus foi minha melhor escolha!

Meu eu


Eu sempre tentei me entender, mas desisti quando notei que mudo constantemente, antes mesmo de começar a decifrar-me. Às vezes, acordo de forma que nem eu mesmo me suporto e há dias em que eu gosto mais da minha companhia do que de qualquer outra pessoa. É comum do ser-humano mudar sempre, cada dia se reciclar e sempre, sempre buscar o melhor de si. Essa é a graça da vida. Pois imagine todas as pessoas agindo igualmente todos os dias, falando as mesmas coisas, sempre com as mesmas idéias e não abrindo-se para novos horizontes... Aposto que seria chato demais. Embora alguns não liguem para isso, e vivam mudando para pior. Mas o problema é deles, que vão ficar sozinhos sem ninguém. Tente mudar sempre, mas para bem. Para melhor. Se você tem uma chance, se pode ser alguém melhor... Seja. Lute por um mundo melhor, não fique parado quando há muitas chances de ver um reflexo de mudança para melhor num corpo tão extenso como o mundo.

domingo, 13 de março de 2011

Eu falhei!

Sim..eu admito eu falhei como sister...depois explico melhor... sim, eu FALHEI e me sinto péssima por isso..

=(

quinta-feira, 3 de março de 2011

Sim, ela foi a que mais mudou...


Hoje eu tô aqui para falar informalmente de uma pessoa muito especial...
O nome dela?
Priscila Prestes...
De personalidade forte,essa menina não é mole...rs
Aprendi demais com ela....não a considero mais como uma amiga...pq ela é mais que isso...ela é minha irmã...a irmã que eu pedi a Deus...e Ele me deu...
Passamos por tantas dificuldades juntas, aturamos uma a outra...ás vezes um pouco caladas, ás vezes chorando, e muitas vezes sorrindo...
Lembro de cada dia, de cada dificuldade, do dia em que fomos para a reunião de obreiros e rimos o tempo todo...
Mas sempre contei e conto com ela...
E antes mesmo de eu ir embora, eu confesso...já tô morrendo de saudades ...ela foi a melhor parte da minha ida á Pernambuco..
Ás vezes eu fico rindo sozinha pq ela adora arrumação e gosto de cozinhar, é perfeito...pq ela limpa e eu cozinho...ás vezes eu dou trabalho pra ela pq sou um pouquinho bagunceira,mas ela sempre compreende...
Agora voltando a mudança da pessoa Priscila Prestes...
Pri, vou fazer uma listinha tá...rs
1-Você está mais paciente
2- Está mais madura
3-Mais decidida
4-Menos orgulhosa
5-Mais feminina
6-Mais responsável...
Seria muita coisa para listar aqui,tenho certeza que isso é só o início de uma jornada feliz que Ele preparou para sua vida...
O Espirito Santo cuidou de você...e te transformou na melhor irmã que eu podia ter...
Te levarei sempre dentro de mim...

Sei que nem sempre eu fui o melhor tipo de amiga que alguém pode ter mais saiba que o tempo todo eu estava ali, torcendo pela sua vitória...

beijocas...

Patrícia Cortez

terça-feira, 1 de março de 2011

Clarice Lispector

Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro.

Clarice Lispector

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Bispo Macedo afirma que bebe cerveja

Eu não queria falar sobre o assunto, porém como isso gerou uma polêmica muito grande resolci tocar no assunto.

Como iurdiana e obreira eu me posiciono diante de tal afirmação...


-Sim, ele bebe! O bispo bebe cerveja, e daí?

Não significa que eu deva beber também..

As pessoas tem que parar para pensar que a comunhão delas com Deus, não depende da Iurd, nem do Bispo Macedo...

Façam o que a consciência de vocês aprovarem, uns tem fé para comer legumes e outros fé para comer carne.

É claro que eu me assustei também, diante de tal afirmação, porém é cada um com seu cada um. Salvação é individual.

Já vi também, obreiros e pastores saírem da obra por terem bebido e tal...mas isso é um problema que a igreja tem que resolver. Não cabe a mim..

Se foi injusto? É talvez sim...
Mas não cabe a mim julgar...nem a você.!


Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora em que o Filho do homem há de vir.

Mateus 25

Meu cabelo ficou laranja...

Ah, pintei meu cabelo de loiro ontem, mas ficou laranja...tá horrível....rs
Preciso urgente colocar outra cor...ai meu DEus, eu só arrumo idéia...aff!
Virei um mico leão dourado...se alguém souber de uma solução prática me avise....
obrigada

Eu...

1 . A tua última relação foi um erro? Não, foi um aprendizado.

2. Quem foi a última pessoa a quem disseste "amo-te"? Amar é uma palavra muito forte, portanto não tenho dito a ninguém...só pra minha família mesmo, pq essa eu tenho certeza que amo.

3. Lamentaste muitas vezes? Algumas

4. És tímido ou extrovertido? extrovertida

5. Qual o teu estado da tua relação? Sem relação, solteira e feliz da vida

6. Como queres morrer? Eu não quero :)

7. Qual foi a ultima coisa que comeste? Miojo..rs

8. Fazes algum desporto? sim, corrida, musculação..

9. Róis as unhas? Nunca

10. Quando foi a tua última luta física? ih...nem lembro...

11. Tens atitude? Algumas vezes

12. Gostas de alguém? De tantas pessoas, mas principalmente gosto de MIM...

13. O teu verdadeiro nome: Patrícia

14. Nome da pessoa do sexo oposto que mais amaste: então, vamos para a próxima pergunta

15. Sentes a falta de algo? de pessoas

16. Tens animais de estimação? Não

17. Como te sentes hoje? Feliz, super Feliz...

18. Qual é a inicial da última pessoa que beijaste? ih, pula denovo...rs

19. Já comeste num carro onde alguém ou tu estava a conduzir? já, quem nunca comeu dirigindo...que pergunta idiota

20. Tens medo de aranhas? Não.

21. Se te dessem a oportunidade de voltar atrás, tu voltavas? ...sim voltava, deixei tanta coisa por dizer!

22. Lamentas alguma coisa no teu passado? Sim, mas aprendi a viver com isso...

23. Quais os teus planos para este fim-de-semana? Toh sem planos

24. Queres ter filhos? Quantos? Não

25. Já alguma vez beijaste alguém cujo nome comece por um J? Não

26. Odeias alguém neste momento? Não odeio ninguém, apenas há pessoas que me magoaram muito...

27. Consegues falar bem? Não

28. Sentes falta de alguém do teu passado? Sim, muita falta até...

29. Já fizeste alguma festa do pijama? Não

30. Já alguma vez estiveste em cima de um cavalo? Não

31. Já beijaste alguém nojento? Não... como conseguiria?

32. Já partiste o coração de alguém? Acho que sim, assim como já partiram o meu.

33. Já alguma vez foste enganado? acho que sim

34. Já alguma vez fizeste o teu (ex-) namorada chorar? Acho que sim
35. Queres viver com alguém sem casar? Não

36. O que devias estar a fazer agora? dormindo..rs

37. Já gostaste tanto de alguém que até magoasse? Sim

38. Tens namorada? Não

39. Qual é a tua cor favorita? Rosa

40. Confias facilmente nas pessoas? Sim, o que já me trouxe alguns dissabores

41. Tens uma boa relação com os teus pais? Sim, ótima relação

42. Qual foi a ultima pessoa que te viu chorar? nem sei...

43. Dás segundas hipóteses facilmente? Não.

44. É mais fácil perdoar ou esquecer? Perdoar

45. Este é o melhor ano da tua vida? Poderá ser, tudo depende de mim....

46. Qual o nome que te chamavam em criança? Patrícia

47. Já alguma vez foste para algum sítio completamente despido? Não

48. Acreditas que tudo acontece por um motivo? Sim... nós apenas não sabemos qual é.

49. Qual é a ultima coisa que tu fazes antes de te deitar? Oro

50. O que é que te incomoda? Tanta coisa, que nem vale a pena enumerar...


51. Já alguma vez estiveste fora do país? Não

52. Estás a ouvir musica neste momento? Não

53. Gostas de comida chinesa? Eu adoro comida...

54. Tens medo do escuro? Não tenho medo... apenas não gosto.

55. Nunca fazes batota? Que isso...?

56. És rancoroso? Não
57. Qual foi o ultimo filme que viste? Um homem de família

58. Acreditas no verdadeiro amor? Acredito

59. Gostas de sair á noite? Siiiiiiim
60. Queres-te casar? No momento não

61. É amoroso quando um rapaz te trata por "bebé"? Não!

62. Estás com fome? Não
63. O que te faz feliz? ter saúde, amigos, família...

64. Mudavas o teu nome? Não... aprendi a gostar de ser Patrícia :)

65. Gostavas de ir aos Pirenéus? Não sei nem aonde é isso...rs

66. Vês as notícias? Ultimamente não

67. Qual é o teu signo? Câncer

68. Gostas de andar de metro? Não adoro, mas ando se for necessário.

69. Foi difícil beijar a última pessoa que beijaste ? Não...

70. A tua melhor amiga gosta de ti? Pergunta para ela né..

71. Gostas de falar com os teus amigos? Adoro...
72. Já alguma vez fingiste não ver alguém que conhecias? Sim...

73. És teimoso? muito... ahahahah

74. Qual foi a ultima pessoa do sexo oposto que falou contigo? isso agora, não me lembro
(resposta politicamente correcta para não querer responder :P)

75. Faz diferença que a pessoa com quem namoras fume? Toda!

76. Qual foi a ultima "pessoa" com quem tiveste uma conversa depressiva? evito essas pessoas :)

77. Qual é a tua musica favorita? muitas, muitas

78. Costumas mentir? às vezes omito...

79. Quantidade de velas no teu último aniversário: 20

80. Tatuagens ou Piercings? Odeio os 2

81. Já ficaste bêbado? Nunca na vida :P

82. Já choraste por alguém?

83. Já esteve envolvido em algum acidente de carro? Não

84. Cerveja ou champanhe? Vinho..

85. Metade cheio ou metade vazio? Metade cheio :) positivismo

86. Lençóis de cama lisos ou estampados? lavadinhos

87. Filme preferido? Prova de fogo

88. Coca-Cola simples ou com gelo? Com gelo

89. Quem dos teus amigos vive mais longe? ui.... nem sei... acusem-se

90. Quantas vezes deixas tocar o telefone antes de atender? depende se eu tô afim atender ou não...

91. Pior sentimento do mundo? indiferença

92. Qual o primeiro pensamento ao acordar? Bom dia :)

93. Se pudesses ser outra pessoa, quem serias? eu mesma :)

94. Uma frase? «Pedras no caminho, guardo-as todas... um dia vou construir um castelo»

95. O que tens debaixo da cama? Nada

97. Do que tens saudades? de tanta coisa, de tanta gente...

98. Uma(s) característica(s) tua: espontaneidade

99. Um lugar em que estiveste e voltarias: no momento, não sei não!

100. O lugar em que desejarias estar agora? numa praia qualquer, a apanhar sol :)

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Boas lembranças

São só boas lembranças, momentos que se passam e que levaremos para sempre em nossas memórias..
A cada segundo que se passa o presente vira passado e nos planejamos ansiosamente para o futuro...mas se não tivermos a direção do Pai, nada vai dar certo!
Embora algumas vezes obedecer a Deus seja duro. Devemos lembrar que a vontade Dele deve prevalecer para sempre e não só em alguns momentos de nossas vidas...
E é difícil, põe difícil nisso...Mas vale a pena...
Sinto falta do passado não posso mentir, das minhas amizades, da época em que eu era mais ativa na igreja...como era bom...!
Mas passou mesmo...e agora..eu quero seguir em frente...e ser melhor do que eu era antes...
Mesmo que pareça que isso nunca vai acontecer...
Estou lutando a cada dia contra mim mesmo...
E eu sei que vou conseguir, pois eu sei que perseverando eu vou mudar!

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Sem sentido...


É tão complicado quando eu tento entender e mesmo assim as coisas, os pensamentos, o dia-a-dia, tudo fica sem sentido, sem ordem...
Eu tento encaixar tudo na sua ordem, porém tudo cai ,se move e sai do lugar...realmente não dá para entender...é tudo muito complexo...
Talvez não seja, mas para mim é...pelo menos nesse momento agora...
Sou levado a ventos áridos, desertos que me fazem andar, andar sem ao menos saber aonde quero chegar...só sei que quero chegar...pois andar no deserto, envolve sol quente, cansaço e falta de água...
É como se eu me visse em pleno deserto do Saara, e só eu com aquelas roupas quentes para proteger a pele e aqueles panos na cabeça...igual filme mesmo...e eu, só eu, ali...naquele lugar...eu, Deus e o vento...
Não, eu não sei aonde isso vai me levar...embora eu quisesse saber...
É cedo demais para entender...
Daqui há alguns anos eu sei que vou ler meu blog e vou rir muito, muito...
Mas eu chego lá...
Embora, desse deserto eu vá levar algumas marcas...alguns espinhos...no final eu estarei mais forte...
e pronta para enfrentar mais um desafio!
Me recuso a mudanças...mas minha vida quer assim!
Quando eu não quero mudanças, elas veêm, e algumas vezes eu nao sei lidar com elas..
e quando eu quero..sim quando eu quero mudar...a bendita desiste de mim!
Mas que dilema....rs
Ontem eu vi um filme, o nome dele é Um Pai de Família...
e ele é um homem bem sucedido, rico e famoso..mas a vida lhe prega uma peça e ele acorda no seu passado, casado com sua antiga namorada, com 2 filhos e um cachorro que todo dia enchia sua cabeça de lambidas...ele ficou desesperado...e saiu em busca da sua vida normal, da sua realidade, mas a vida queria lhe mostrar que ele era o homem que era por causa de suas escolhas...
No final...ele se deu conta que se tivesse escolhido viver na sua cidade ele seria bem mais feliz..teria realizado seus sonhos, embora fosse pobre...mas era preciso voltar a realidade..
E quando ele voltou...ele era um homem, rico, sozinho, egoísta, rude e no fundo ele não era feliz...
A partir daquele momento ele recomeçou...ele mudou suas escolhas e se tornou um homem melhor...
E eu tirei uma conclusão...escolhas...elas te fazem melhor ou pior...
E eu estou sim, num momentos de escolhas...ah alguns anos atrás eu escolhi a mim...se valeu a pena? Sim, com certeza...mas fiquei perguntando e se....
-Ah deixa pra lá...
Hoje está tudo muito complexo para eu explicar, muito concreto, difícil...inexplicável..
E pensar e continuar a minha corrida no deserta, até que eu veja a ponte...
Minha mente é um infinito de pensamentos e horrores...e no momento eu quero fugir dela...
Quero correr em direção aos meus sonhos...
Que sonhos?
Ah não sei, no deserto os sonhos me fogem, mas eles existem..
Basta eu buscá-los...
É precisomergulhar dentro de mim...dentro da minha fé..
Talvez todos meus sonhos só estejam dormindo...e eu esteja num pesadelo...!
Mas até pesadelos passam...

Deus é comigo e eu não vou esquecer isso...até no deserto!

Embora esse post pareça loucura...

Eu sei que não...não é...eu não sou louca...só quero ver aonde o deserto vai me levar!

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Sinceramente

Quanto tempo eu esperei,
Chegou a minha vez.Sei que hoje é meu dia,Jesus está aqui.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Não tô nem aí...


Gosto de escrever sem me preocupar com o que vão achar, afinal não escrevo para ninguém.
Escrevo por hobby, por paixão, por amor...
Não sou jornalista, poeta nem manda parecido...
Sou um ser pensante que tenta através de palavras exprimir o que sente.
Ou pelo menos eu tento, né!

Como é difícil entender o ser humano, seus pensamentos, questionamentos...
Quem somos nós, de onde viemos, para onde retornaremos, etc...?
São muitas as respostas, várias versões para ser mais exata...e no final pra quê tudo isso?

Cansei de religião, de discutir o que eu acredito...
Quero saber de Fé...isso é suficiente...
Será que é tão complicado as pessoas entenderem isso...
Aff, que paranóia!!

Acredito que isso seja uma tática do mal para atingir e detupar as coisas que são verdade, um exemplo disso são as várias interpretações que dão á respeito da Biblia, realmente já li cada história absurda...

Realmente o ser humano que ser Deus...

E eu já estou de saco cheio disso!

De saco cheio desse mundo e dessas lorotas....

Poupem minha paciêcia....

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Querido Deus,

me desculpe, por não acreditar em Você algumas vezes, perdoe-me por ter uma fé tão abalada. Me perdoe por orar sem muito crer nas palavras que saem da minha boca, me desculpe por só pedir quando preciso. Me desculpe, eu sei que erro. Me desculpe por não agradecer todos os dias por ter a vida que o Senhor me deu, minha familia, amigos, minha casa, e até meus erros! Me desculpe por não aceitar ou perceber o quanto o Senhor é maravilhoso comigo! me desculpe por ser simplesmente eu, e ter essa triste imperfeição.

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Deixando Deus de lado - Parte 2


Eu proucurava em mim mesmo, onde andava aquela Patrícia.. Sempre fui extrovertido, animada, alegre..aonde eu chegava eu fazia amizades...mas hoje era diferente...sem perceber eu me fechei no meu próprio casulo.. Dia após dia eu tenho tentado mudar e voltar a ser quem eu era, algumas vezes eu perco, mas levanto e continuo...a Patrícia de hoje é mais dependente de Deus...isso é fato.. Mas não precisa eu me fechar pro mundo...não sei te explicar como foi isso... Na verdade eu acho que nos últimos 2 anos tive mudanças e experiências muito bruscas em minha vida, e imaturidade demais pra lidar com elas...era como se tudo escoregasse das minhas mãos... Para não sofrer, eu me fechei, para ver se as outras cicatrizes fechavam, eu passei a me importar com o que diziam de mim...e assim eu vivi me distraindo... Meus finais de semana, eram em casa, perdia amigos sem perceber, achando que estava me preservando...quanta tolice...! Hoje tento recuperar o tempo perdido...talvez eu não consiga...pois dizem que as experiências da vida que te fazem...mas eu não gosto de ser assim..essa não sou eu! Então a partir de hoje, mais uma vez eu vou continuar lutando contra mim mesma... e vou conseguir...eu vou mudar...! E quando eu sorrir, vai ser com o brilho de Deus do meu lado... Sem tristezas...sem más experiências..apenas com o aprendizado... Isso tudo aconteceu, pq um dia eu achei que podia ser feliz sozinha...e achava que Deus apoiava isso... Eu não estava ouvindo Sua Voz.. Eu imagino que Ele devia gritar em minha direção... Fui tola demais para só perceber isso agora... Foi mais uma experiência... Tudo vai dar certo! Mesmo que as pessoas não acreditem nisso.. Eu posso, eu quero e eu consigo.. Isso já me basta!

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Como voar...



Na verdade se pararmos para analisar...voar é um exercícío..É você deve achar que estou louca mas não estou!
Repare nos pássaros, eles nascem, ficam nos ninhos, sua mãe o alimenta até que ele cresce e tenta voar...enfim, ele alcança a liberdade!
Agora tem um outro modo de voar, se tivermos um avião fica bem mais fácil...
Pois só o piloto se prepara, nós apenas sentamos na poltrona!
Através desse pequeno exemplo eu tiro duas lições...
Temos muitos problemas durante a vida e algumas vezes o vôo atrasa, pensamos em desistir e voltar para casa, pois não podemos ser livres, criar asas e voar como um passarinho...
Embora ambos vão chegar a algum lugar, a diferença é que o pássaro aprender a voar sozinho, muitas vezes cai, se machuca, é caçado, sofre, mas ele chega...e quando ele chega ao seu ninho, ele está mais forte e feliz...
E o avião também, ele chega, até mais rápido talvez...você decola e logo logo está no seu destino, o único que se esforçou foi o piloto...ambos chegaram!
Agora quem será que tem mais força, o que foi de avião ou que tentou voar como um passarinho?
Ás vezes tentamos dar um jeito nas coisas, porém não adianta....
Não vai dar certo...não vá de avião...aprenda com o passarinho...tome as decisões certas...trace planos e vá...pule...voe!
Avião é confortável...mais não vai te trazer as experiências que você precisa, pq vc n aprendeu nada...quem aprendeu foi o piloto...!

Voe como um pássaro e alcance suas metas..

Pode ser mais difícil, mas vc tem asas...acredite nisso!

Lutando contra minha própria natureza!

domingo, 16 de janeiro de 2011

O MELHOR ESTÁ POR VIR....EU SEI...

E UM ANO SE PASSOU...
MUDARAM-SE OS AMIGOS, OS PROBLEMAS...MINHAS DORES...MINHA FAMÍLIA...
SÓ NÃO MUDOU A MINHA FÉ...
E GRAÇAS Á ELA QUE EU SOBREVIVO...
ÁS VEZES QUANDO ESTOU CANSADA E SEM ESPERANÇA..DEUS VÊM ATRAVÉS DESSA FÉ E ME ACALMA...ME TIRA DA ESCURIDÃO..
CADA DIA QUE PASSA ME TORNO MAIS RESERVADA, ESTRANHO NÉ..PRA QUEM ERA BEM EXTROVERTIDA....
NÃO COMPARTILHO MEUS PROBLEMAS...SORRIO PARA TODOS...E ASSIM VOU VIVENDO...
ACREDITANDO QUE CADA DIA VAI SER MELHOR QUE O OUTRO...E QUE O MELHOR ESTÁ POR VIR...
EMBORA ÁS VEZES EU NÃO SAIBA QUAL ATALHO PEGAR...
ENTÃO EU N PEGO...EU PARO...E SIGO EM FRENTE...NEM TODOS ATALHOS SÃO BENÉFICOS...E ÁS VEZES TB ACHO QUE ESTOU FICANDO MALUCA...
MAS REPARO BEM QUE N É MALUQUICE...É A TAL DA MATURIDADE...ELA TÁ CHEGANDO, JUNTO COM AS RESPONSABILIDADES...
LANÇANDO FORA O MEDO E AS DÚVIDAS..
É 2011 CHEGOU PRA MIM!!!

E VAI SER UMA NOVA HISTÓRIA....
CHEIA DE NOVIDADES..

E COM JESUS INCLUÍDO NELE...